Bicycle race [onym]

3 comentários:

cristina disse...

O teu baú é muito maior que o da Feira da Vandoma... o "irreal quotidiano" é surrealmente real, mas a fotografia tem um poder único de o marcar na nossa consciência. Fixando-o, dá-lhe outro tempo, mais tempo do que ele tem na realidade, por isso, um espaço ampliado na nossa mente. O tempo e o espaço que nós quisermos, um efectivo "domínio" sobre a realidade.
Olha, ficou tatuado :-)
E olha, por estes dias, o irreal neste sítio é outro, sob o signo do João Santo. Agora fiquei com muita vontade de contar... :-)
Veijo

Hellag disse...

ichhhh! fabulosa confusão!!! como conseguimos observar tão bem TUDO! :)

alterdom disse...

très jolis croisements de regards;
tu es toujours là où il faut!

Beijos